Prédio Monsenhor Geraldo Penteado de Queiroz

Confira aqui detalhes sobre a estrutura do atual prédio da Câmara de Esteio, inaugurado em dezembro de 2009 e em funcionamento desde 30 de setembro de 2010.

 

 

Inaugurada em 29 de dezembro de 2009, a sede da Câmara Municipal de Esteio recebeu o nome de Prédio Monsenhor Geraldo Penteado de Queiroz, de acordo com a lei municipal 4552 de 11 de março de 2008. Trata-se de uma homenagem ao antigo diretor do Seminário Claretiano e ex-pároco da Igreja do Imaculado Coração de Maria, que atuou ativamente no movimento de emancipação da cidade e na criação do Hospital São Camilo

 

Monsenhor Geraldo Penteado de Queiroz

 Monsenhor Geraldo Penteado de Queiroz

 

Sustentabilidade

Visando a diminuição de gastos com a energia elétrica e, também, a proteção do meio ambiente, placas solares foram instaladas, em março de 2020, no telhado do plenário e do terceiro andar do edifício. Atualmente, 70% do consumo de eletricidade do Legislativo esteiense é provido por este sistema.

Placas Solares

Luz solar fornece a maior parte da eletricidade consumida no prédio  

 

Estrutura 

Com uma área total de 2.488,6 metros quadrados, o Prédio Monsenhor Geraldo Penteado de Queiroz conta com três andares, térreo e estacionamento com 27 vagas. A Sala de Sessões Luiz Alécio Frainer, onde são realizadas as atividades legislativas e solenidades do Parlamento, tem capacidade para 318 pessoas. Normalmente, ela também é cedida à comunidade para realização de eventos, mediante preenchimento do Formulário de Solicitação e o do Termo de Cedência. No entanto, conforme a resolução 773/2020, a disponibilização do plenário está proibida, enquanto durar a pandemia do novo coronavírus.

Desde 3 de setembro de 2020, as instalações da Câmara de Esteio têm Alvará de Prevenção e Proteção Contra Incêndio (APPCI), emitido pelo Corpo de Bombeiros Militar. Válido por dois anos, o documento atesta que o prédio está em conformidade com a legislação vigente e atende a todas as especificações técnicas da corporação.

O alvará anterior venceu em 31 de dezembro de 2013 e foi expedido antes da vigência da Lei Kiss (lei complementar 14.376/2013), que endureceu as regras para a concessão do documento. Para a renovação, foram necessárias  a realização de obras de alteração da estrutura do imóvel, que tiveram início em março de 2020 e foram concluídas em maio do mesmo ano. Entre as mudanças feitas estavam a implantação de sistema de detecção de incêndio e a instalação de barras antipânico nas portas de escape. Também foram realizadas mudanças no sistema hidráulico, a troca dos hidrantes de todo o prédio e novos corrimãos foram colocados nos corredores do plenário. 

 

Confira abaixo um resumo das instalações de cada pavimento:

 

Térreo: recepção, telefonia, sanitários, plenário para 318 pessoas, sala de reuniões, arquivo morto, garagem para carro oficial, área de depósito e estacionamento com 27 vagas. Há, também, como suporte para o plenário, uma sala técnica, sala de imprensa e sanitários.

Térreo


1º andar: sete gabinetes de vereadores, sala de reuniões. sala de serviços gerais e sanitários.

1º Andar


2º andar: salas administrativas (departamento jurídico, legislativo, financeiro e recursos humanos), assessoria de comunicação, gabinete para um parlamentar; direção-geral, tesouraria e sanitários.

2º Andar


3º andar: sete gabinetes de vereadores, sala de serviços gerais, espaço digital e sanitários.

3º Andar